terça-feira, 20 de abril de 2010

queria eu, você e a nossa faculdade
nosso apartamento pequeno e bagunçado
no centro da cidade
e um carro meia boca que nos deixa na mão muitas vezes quando quebra
mas que, no final, nos leva para os lugares
a saudade gostosa no fim do dia, a preguiça e o colchão (não tão) confortável
as discordâncias,
os gritos, as batidas de porta e depois
eu no quarto escuro e você
entrando assim de mancinho para me abraçar,
pedindo desculpas num sussurro
porque eu (quase) nunca dou o braço a torcer
e só assim para a gente dormir em paz

4 comentários:

Caio Fabricius disse...

Muito bom, Clara, muito bom

João Vitor Soneghet disse...

mucho bueno

Maria disse...

OOOUN, NHOMINHOMI

Isa disse...

si, corazón
very good!